quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Ruptura e irmandade - por Gelson Neri


O ar é irmão da águia e do gavião.
O mar é irmão das gaivotas, dos poetas e dos pescadores.
A terra é irmã dos índios.
Somos irmãos do sol e da lua
do besouro e da grama verde e seca
Companheiros da borboleta
Amigos do corvo e da vaca

Quando chegar o entardecer da nossa vida
Descobriremos que o mistério da vida não é continuidade.
É ruptura! E na ruptura está a nossa irmandade.

A mesma vida dos pensamentos é a que está na pedra
Nossos pensamentos não são melhores que os do golfinho.
A nossa essência é a ternura e irmandade com todas as coisas.
A nossa cultura não se iguala ao canto do pássaro,
não é melhor que o choro do elefante,
não se compara ao lamento da leoa,
não se equipara ao olhar triste da águia presa
não se iguala à dança das águas

Quando chegar o entardecer da nossa vida
Descobriremos que o mistério da vida não é continuidade.
É ruptura! E na ruptura está a nossa irmandade.

Créditos ao autor: Professor e Amigo Gelson Neri
Fonte: www.professorgelsonneri.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email