quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Seja o seu próprio padrão



"Dos padrões que a sociedade impõe não quero nenhum.
Comparam-se nos espelhos e aprisionam-se nas mentiras desvairadas da perfeição alheia.
Máscaras, maquiagens, roupagens... 
Há quem viva muito mais o seu personagem que chega a esquecer quem de fato é.
Sou o meu próprio padrão."

Passageiro


Na briga dos demônios,
Sobrevivem os libertados
Sou um passageiro apenas
Que segue viagens e rituais
Carregado em uma cela
Onde trevas e luz se equilibram
Entre sombras e luzes 
Não há mal
A normalidade não é questionada
Pois as regras externas são seguidas
Sou apenas um passageiro dentro de outro...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email