quinta-feira, 19 de agosto de 1993

Amigo, passe o tempo que passar...



“Amigo, amigo
Tu me conheces e minha vida por inteira
Amigo, amigo
Nunca te esquecerei nem as nossas brincadeiras
Amigo, amigo
Nossa amizade é tão pura igual criança
Amigo, amigo
Daqueles tempos só restou a esperança

Passe o tempo que passar
Pinte o clima que pintar
Você sempre vai estar
No meu coração
Porque amigo és tu que me amparou
Quando eu mais precisei
Do meu lado,
Te encontrei:
Amigo...

Amigo, amigo
Conte comigo a qualquer hora
Amigo, amigo
Sentirei saudade se for mesmo embora
Amigo, amigo
A distância nunca vai nos separar
Amigo, amigo
Nas voltas da vida iremos nos encontrar”



"19/08/93 – Outra inspiração em tom de amizade. Naquela época, bem vivida e divertida, a adolescência foi fortemente marcante, com direito a crises e superações próprias da idade. Com a certeza que aquele grupo não seria eterno, particularmente já pensava na distância que o tempo e as circunstâncias causariam entre os amigos. Foi um tempo de muita vivência e crescimento.  Esta música também participou do '4° Festival de Músicas Inéditas da P.J. de Piraju-SP', nas vozes dos grupos A.B.C e ÁGUIA, Com. Nª Aparecida – 1998."


Ailton Domingues de Oliveira

19/08/93

domingo, 15 de agosto de 1993

Cada um


“Cada um tem o seu sonho
Cada um tem o seu viver
Cada um tem sua realidade
E sua meta na vida pra vencer

Cada um tem o seu ideal
Cada um tem o seu caminho
Cada um tem sua maneira de ser
Cada um tem o seu espinho

O estudante deseja se realizar
A criança não vê a hora de crescer
O jovem sonha o seu amor encontrar
E os pais abandonados aguardam sua hora de morrer

Mas cada um aqui neste mundo é um vitorioso
Apenas por ter sua vida
Como presente de Deus poderoso
E Ele ama cada filho do jeito que é...”


“15/08/93 - Ainda no Grupo de Canto da Vila Cantizani ,Comunidade de Nossa Senhora Aparecida, essa música foi outra inspiração graças às boas amizades da época. Além de ser tocada e cantada em muitas serenatas, concorreu no ‘2º Festival de Músicas Inéditas organizado pela Pastoral da Juventude de Piraju-SP’,  em 1996, e ganhou em segundo lugar nas vozes dos integrantes do GCICI – Grupo de Canto Irmãs Cristiane e Iolanda, coordenado pela Ivone.”

Ailton Domingues de Oliveira

15/08/93

quarta-feira, 11 de agosto de 1993

Deus te ama

“Deus te ama,
Mais que qualquer pessoa
Pois Ele te fez seu filho
E nunca, nunca te esquecerá
Porque um Pai jamais esquece um filho
Mesmo que esse seja indigno de seu amor

Mas, Deus te ama, te ama, te ama
E em seu amor não há preconceito
Porque Ele te fez assim, assim, assim
E assim tu o servirás

Deus te ama,
Do jeito que tu és
Porque assim Ele te gerou
E não distingue qualquer filho seu
Pois o sol ilumina a todos
Sem distinção de raça ou de cor”

Música

Ailton Domingues de Oliveira

11/08/93

terça-feira, 10 de agosto de 1993

Eu quero


“Eu quero viver bem a cada momento
Como se fosse o primeiro e o derradeiro
Eu quero cantar pra Jesus sem ressentimento
E de hoje em diante serei seu cordeiro

Meu Senhor, Tu me libertaste
E agora minha vida é te seguir
Quando eu caí também me amparaste
Ficando ao meu lado mesmo sem eu Te ouvir

Que quero gritar pro mundo todinho
As maravilhas que em mim Jesus operou
Pois, quando me encontrou caído e sozinho
Foi quem me deu forças e me amparou”


quinta-feira, 5 de agosto de 1993

Em tudo estás presente


“1) Em tudo que olho
Eu te vejo presente
Na brisa da manhã
Até o sol poente

Jesus, meu Jesus
Minha Luz
Minha vida é alegria
Porque Tu és o meu guia

2) Em tudo que toco
Eu te sinto com ardor
Nos animais da terra
E a beleza da flor

3) Em tudo que penso
Tem um significado
Se estou neste caminho
É porque tens me confiado

4) Enfim, tudo tem
Um toque especial
Do Pai Criador
Que nos quer da terra o sal”


“Inspirado com a criação de Deus, a composição reflete que em tudo está o poder de seu amor, em cada obra sob o céu...”


terça-feira, 3 de agosto de 1993

Amigos para sempre


“Nós, dedes pequenos caminhamos lado a lado
Crescemos juntos e fomos bem educados
Com Jesus ao nosso lado!
Nunca, por uma briga nós nos separamos
Apesar dos conflitos, com Deus os superamos
E hoje cantamos...

Para sempre caminharemos com Jesus
E teremos o mesmo objetivo em mente
Dividiremos o peso dessa cruz
E sermos amigos para sempre...

Hoje percebemos que nossos caminhos haverão de separar
Mas, seremos unidos por um só ideal
Jesus Cristo nosso amigo!
Te peço, que me perdoe pelas vezes que ofendi
E se um dia precisar de minha ajuda
É só chamar e estarei aí...”

“Música. Aos amigos da infância e adolescência...”

segunda-feira, 2 de agosto de 1993

Estou bem próximo de Ti e não percebes



“1) Eu sou aquele que você não liga
E não percebe quando te olho
Eu sou aquele que não tem moradia
E que tu sempre negas uma esmola

Eu sou Jesus, Jesus
Nascido de Maria, na vontade do Senhor
E só quero que você aceite
O meu amor

2) Eu sou o mendigo da rua
Que você esnoba com frieza
Eu sou quem sabe da vida sua
E quando estás abatido pela tristeza

3) Eu moro onde existe amor
Na simplicidade e na humildade
Eu sou dos oprimidos o defensor
Que os homens humilham sem piedade”


“Primeira versão da música ‘Estou aqui e não percebes’ que mais tarde, em 1.997, ganharia em primeiro lugar no ‘1° Festival de Músicas Inéditas da P.J. – Piraju-SP’.”

Seguir a Cristo



“Nós estamos aqui
Porque Deus nos confiou
Uma grande missão
Para cada um

Seguir a Cristo não é fácil
É nadar contra a correnteza do mundo
É renunciar os prazeres da vida
E viver inteiramente no amor

Neste mundo há vários caminhos
Que tentam nos atrair
O mais fácil é também
O mais doloroso”


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email