quarta-feira, 27 de julho de 2011

Dia do Escritor - 25/07

"Apresentando minhas paixões: os escritos!
Escrevo porque sou fã do bom e claro português. Fui inspirado por grandes pessoas e grandes mestres. Escrevo porque amo a vida e seus artistas. Escrevo para quem amo e para quem gosta. Minha arte está aí, pura e simplesmente, em escrever: frases e pensamentos, textos, crônicas, poesias e prosas, músicas inspiradas em momentos, situações, pessoas, amigos, sonhos, batalhas; discorridos na individualidade ou não; temas abordados entre conhecidos ou não, adeptos ou não.
Não ganho nada alem do culto ao português. Claro que elogios são ótimos mas as críticas ajudam a crescer ou rever frases e expressar ainda melhor. Quando expomos nosso pensamento reciprocamente crescemos ao conhecer os de outras pessoas.
É isso! Se existe auto-promoção aí, então que seja. Para mim, como disse, a arte está em escrever, por paixão. E que bom que existe quem leia apenas para criticar. O importante é ler, pois ajuda a melhorar o bom e velho português. Boa leitura, boa crítica!"

Ailton Domingues de Oliveira

25/07/11

domingo, 24 de julho de 2011

No limiar da intolerância.


"O covarde nunca age só. Vejam os dominantes pit-boys que atacam suas vítimas sempre em grupo. Buscam na calada da noite aqueles que sentirão o seu ódio e a sua intolerância. Covarde é assim, covarde precisa de comparsas. Seu ego é a sua platéia. Desde que o mundo não gire, como tal sua mediocridade, é suficiente o motivo torpe de sua rebeldia. Na verdade sua brutalidade pode ser o inverso, ou melhor, o reflexo de seu interior: seu medo enrustido. Covarde não conversa, impõe. Tudo o que precisa é vitimar-se como o ser incompreendido pela maioria. Precisa de adeptos, de gente que congregue de sua covardia. Exterminar uma raça, um povo, uma vítima ou uma idéia, tudo o que considera banal. Assim age o tal biotipo. A discriminação enrustida é tal qual o tamanho da violência física. Realmente uma covardia. O olhar preconceituoso corta feito navalha. Espero que esse tipo de violência não se torne paisagem natural aos olhos e ouvidos de tantos. Que quem tenha alguma responsabilidade em mãos, seja um microfone, uma tribuna, ou uma mera caneta, saiba usar em prol dos direitos de todos/as e não a favor da hipocrisia. São tantas as lutas sociais e reais e ainda existe povinho que só vê o seu rabo de cuca (a do Sítio do pica-pau amarelo)! Que tipo é esse? Que gente é essa? Que filosofia é essa e que tipo de deus prega o preconceito?"

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Série 1000° Graus - frases não prontas, não vistas e mal ditas.



05/07/11 – “998° Graus!!!”
“...Ter que se calar é quase morrer de braços cruzados...”

05/07/11 – “999° Graus!!!”
‎"...Melhor um escritor, mas de idéias reais, que um falso moralista, poluído de hipocrisia e mediocridade... Senhor, dai-me paciência, que se me der forças eu respondo..."

06/07/11 – “1000° Graus!!!”
“Se estas acostumado a proferir ‘bla-bla-bla’e ouvir um uníssono ‘amém’ dos incapazes até mesmo de andar, então você se lascou, babaca!!! Pode ter certeza que a rebatida vai ser tão ou mais potente que a merda do seu ataque!”

06/07/11 – “1001° Graus!!!”
“...e felizes os idiotas que não tem medo de expressar e nem o rabo preso para se manifestar, pois a virtude da sinceridade que resulta a alegria a eles pertencem. A vida é uma verdade e única e os hipócritas um ópio ao povo...”
(Ass.: um Idiota)

06/07/11 – “1002° Graus!!!”
“...Não sou intelectual, apenas penso, aliás adoro pensar.
Não sei de tudo, apenas procuro me informar.
Não sou o dono da verdade, mas tenho minha opinião.
Não sou ‘o cara’, e sim um cara que tem senso-crítico.
Não sou o melhor, mas fui educado pelos melhores.
E por sinal procuro fazer o meu melhor, sempre.”

08/07/11 – “1003° Graus!!!”
"Que o sol aqueça os corações dos homens e mulheres de boa fé e esquente o miolo mole da ala coronelista que atua feito lobos disfarçados de cordeirinhos! Acooooooooorda Piraju!!!"

08/07/11 – “1004° Graus!!!”
“Bom, depois de um "teatro de 400 lugares pra Piraju" (não que a cidade não mereça, mas...), depois de um tanto "i-phodeu" para os brasileiros, só posso desejar a todos um ótimo fds, curtam bastante o frio, tomem quentão nas festas julinas e VIVA SÃO PEDRO, VIVA SANTO ANTONIO, VIVA SÃO JOÃO, VIVA NÓIS O POVO BRASILEIRO!!!! Nóis merece pusquê nóis trabáia trabáia trabaia, o mundo roda roda roda e nóis asseste us homi nu puder fazê meleka e jogá nas nossa kara!!!”

(14/07/11) – “1005° Graus!!!”
“A falta de conhecimento gera argumentos sem base. Gritar aos quatro cantos para empurrar a ideia goela abaixo comprova a primeira frase: uma questão simples se a mente fosse aberta. Isso, sem dúvida, sinal de insegurança diante das combatividades, inércia ou falta de saber o que falar. Mas... a causa é bem maior que a intriga da oposição.”

(14/07/11) – “1006° Graus!!!”
“A estética é importante mas não o óbvio e nem o indispensável. Antes, é necessário cuidar da mente, uma missão para poucos, o oposto da aparência. Pessoas de fala mansa embasada somente em teorias, são piores que o lobo mau da chapeuzinho vermelho.”

(22/07/11) – "1007° Graus!!!" 
“Nem tudo o que é moral é legal.
Nem tudo o que é legal é moral.
Um Dep. Federal ganha R$ 26.700,00! Isso tá na lei, mas que moral é essa?
O salário mínimo é R$ 540,00! Isso tbem tá na lei, mas que moral é essa?
Um homem roubou algumas verduras. Estava mal vestido e sujo. Foi preso e na delegacia contou que estava desempregado, seus três filhos e esposa passando fome. Diante do desespero cometeu o ato. "E agora José?"

Frases & Pensamentos II



17/06/11 -  "Dos padrões que a sociedade impõe, nos tornamos reféns ou simples expectadores. Maquiamos a estrutura aparente e deixamos o interior naufragar. A tecnologia avança, sobrevivem os 'fortes' e aumenta a venda dos psicotrópicos. Como diria o poeta: 'Mais Platão e menos Prozac'." 

18/06/11 - "Se as leis antigas, inclusive a de Moisés, perdurassem até os dias de hoje, os delitos, como o 'adultério', ainda teriam sua punição com apedrejamento em praça pública. Meu Deus, haja pronto-socorro suficiente!!! 'Olho por olho, dente por dente, e o mundo acabará cego e banguela!!!'"

20/06/11 - ‎"Pensamento do dia ou dia de Pensamento? Bem, o mundo está carente de cabeças pensantes... Aliás, anda carente de cabeças pensantes... Melhor, continua faltando cabeças pensantes... Ah, pára tudo! 'Eles' não querem que pensemos. Quem pensa existe, e se existe dá trabalho. Querem nos manter presos nas celas especiais de nosso ser, na ignorância do saber."


segunda-feira, 18 de julho de 2011

Frases & Pensamentos VI



(18/07/11) - "...Ainda julgamos pela imagem que vemos e não pela essência que não enxergamos..." 
A frase acima me bateu forte na celebração que participei ontem quando sentei ao lado de uma senhora, cega por conta do diabete, mas de uma fé e sabedoria incalculável. Percebi então, o quanto eu, com dois olhos sadios só via a imagem, movimentos e cores, enquanto ela, D. Neusa, diante de suas impossibilidades físicas, enxergava a essência. Minha lição de casa, neste dia, foi emocionante. Não teve como não pensar e repensar nos valores, nos meus valores, nas "batalhas" as vezes vazias... Eu sim, me senti o cego da vez, o estúpido, medíocre, sem noção... Ela, a que realmente enxergava a verdadeira LUZ. Peço desculpas por colocar um assunto que talvez não condiz com o objetivo do grupo, mas ainda ontem prometi partilhar esta emoção e sentimento com todos/as, da forma que conseguisse.



(22/07/11) – “‎Há dias em que o mundo parece conspirar contra... 
Azar, conspiração ou mera coincidência de fatos isolados? 
Só sei que após as tempestades ainda respiro. Sinal da vida, esperança e virtude do Criador.” 

domingo, 17 de julho de 2011

O cego que vê e o cego que enxerga.

“Cheguei para a celebração como nos domingos anteriores. Fui até o Santíssimo e em pensamento agradeci ao Criador por minha vida e a dos meus familiares. Aprendi que, sempre que visitar uma casa, devo primeiramente levar meus cumprimentos ao dono, ao anfitrião, e assim o fiz.
Como não era dia do nosso grupo de canto atuar na liturgia, arrumei um lugar mais à frente e por lá me acomodei. Antes do início uma moça trouxe sua mãe e a acomodou ao meu lado. Vez ou outra a senhora tateava com suas mãos para os lados ou para frente como que identificando o lugar, e mantinha o rosto sempre votado para o altar.
Uma senhora simpática e carismática que desde o início da celebração mantinha as duas mãos juntas, tal como uma criança que as une para fazer sua oração. Uma cena típica de pintura e quadro.
Nos momentos de ficar em pé, percebia que ela procurava acompanhar mas com uma certa dificuldade, até que pediu-me para avisa-la sobre cada momento. Assim o fiz. Durante o tempo que passamos um ao lado do outro, cochichava no seu ouvido o que haveríamos de fazer.
Lá pela metade, após vários cochichos, perguntei seu nome. Dona Neusa, uma graça de pessoa, deu-me respostas além da pergunta. Sou a primeira moradora deste bairro, fiquei cega por conta da diabete.
Tornamo-nos íntimos por toda a celebração. Naquela altura, eu mais me preocupava com ela que aos momentos ritualísticos. Então, perguntei se ela gostaria de receber a comunhão e sua resposta foi sim. Pedi a um dos ministros que trouxesse à ela.
A forma que dona Neusa participava era mais que uma devoção, era o reflexo da fé e da sabedoria refletidos na humildade.
Eu, ali, vendo todo tipo de movimento e cores e buscando sintonizar-me em Deus, quando na verdade Ele se refletia na fé de dona Neusa. Demorei mas acordei. E como me senti cego!
Dona Neusa, em sua humildade, com fé e devoção, mostrou toda a sua sabedoria enxergando algo que meus olhos não viam, a essência. Eu, com os olhos abertos só via a imagem, e neste momento tornei-me o cego da alma.
Minha emoção duplicou quando no momento da comunhão ela recebia o Corpo de Cristo... algo que minhas palavras não conseguiriam descrever...
Meu dia valeu a pena. Aprendi o quanto sou cego. Aprendi com dona Neusa, fisicamente cega, que não precisa de olhos para enxergar a essência e praticar o amor.”

Ailton Domingues de Oliveira

17/07/11

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Frases & Pensamentos IV



01/07/11 - "No Sonho, na Fé e na Luta...
Ontem, 30/06/11, na celebração dos primeiros mártires romanos que levaram até o fim a fidelidade ao projeto de Jesus, pensei em quantas lutas já travamos até hoje, na individualidade ou no coletivo, no silêncio ou nas ruas. Tantos adolescentes, jovens, leigos, consagrados que dedicaram e dedicam sua vida a este mesmo projeto, seja com os idosos, excluídos, operários, estudantes, sem-teto, jovens, adolescentes, enfim... Ontem ainda, na missa, no momento da comunhão, em pensamento procurei comungar com 'cada um', em especial com os que estão vestindo a camisa na defesa do Rio Paranapanema (Piraju-SP), que não só embeleza a cidade, mas que também dá vida... faz a vida florescer...”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email