segunda-feira, 6 de julho de 2009

O retorno

"Eu te chamei, não acreditei
Que estavas aí, olhando pra mim
Eu te chamei, não acreditei
Que estavas comigo, sempre meu amigo

Mas eu te culpei, pelas vezes que errei
Quando eu só gritava e não te escutava
Não te olhei, minhas costas virei
Porque não te queria, mas você me sorria

Minha vida entreguei, nem sei mais o que sei
De uma vez fui embora, enxerguei só lá fora
E o que tinha no mundo, atraente poço sem fundo
Meus valores perdi, sem saber pra onde ir

Num dia de domingo, veio um anjo sorrindo
Mostrou-me uma luz, seu nome Jesus
Que abraçou-me sorrindo, e eu chorando e sentindo
Minha vida mudando, e a dor se acabando
Libertado sorri e feliz eu parti
Pra cumprir meu papel, mandado por Deus do Céu."


Música inspirada num momento de decisões importantes, na mudança de São Paulo para Uberlândia.
Ailton Domingues de Oliveira

06/07/09
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email