domingo, 10 de agosto de 1997

Estou aqui e não percebes



“É muito fácil falar do seu lugar
É muito fácil dizer o que fazer
Quero ver você se levantar
E fazer tudo, tudo acontecer

1) Eu sou aquele que você não liga
E não percebe quando te olho
Eu sou aquele que não tem moradia
E que tu sempre negas uma esmola
Eu sou o mendigo da rua
Que você esnoba com frieza
Eu sou quem sabe da vida sua
E quando se abate pela tristeza

2) Eu moro onde existe amor
Na simplicidade e na humildade
Dos oprimidos o defensor
Que você humilha sem piedade
Vocês já sabem quem são os excluídos
Os humilhados e oprimidos
Filhos de Deus, sim eles também são
Falta só abrir o seu coração

É muito fácil falar do seu lugar
É muito fácil dizer o que fazer
Quero ver você se levantar
E fazer tudo, tudo acontecer

'Eu sou Jesus, o Seu Senhor
Só quero que você aceite o meu amor
Eu sou o seu Senhor
Aceite o meu amor'...”


“Na verdade a letra, melodia e ritmo dessa música diferem  da primeira versão criada em 02/08/93. Com essa readaptação, o GCICI sob a coordenação da Ivone, ganhou mais uma vez em primeiro lugar no ‘3° Festival de Músicas Inéditas, organizado pela Pastoral da Juventude de Piraju-SP’, agora com o tema da Campanha da Fraternidade ‘Os Excluídos’ – 10/08/97.”


Ailton Domingues de Oliveira

10/08/97
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email