sexta-feira, 21 de outubro de 2011

"No caminho"

"No caminho de um só
Ando ou corro, paro e penso...
O coração aponta
A razão arrebenta
Distância e saudade
Da nostálgica lembrança
Até mesmo do que não se viveu
Corrida da vida
Gotas do céu
Migalhas humanas, desumanas talvez
Força e fé contrapõem a realidade dura
Espero na esperança de que uma nova manhã
Traga em suaves brisas ou
Ventos cortantes, latejantes, pulsantes, envolventes, eloquentes
Um novo tom de cor ou de canto
Dentre os encantos que a vida oferece.
Um dia a noite será eterna,
Nem mesmo o brilho da lua será possível...
Enquanto isso, saúdo os amigos (as)
Eternos, presentes, ausentes, distantes, porém inesquecíveis...
Quem cruza o caminho, que por um único instante somente,
Tem o dom de deixar sua marca,
E fazer deste momento, um marco eterno..."

Ailton Domingues de Oliveira
 (21/10/11)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email