terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Salmodiando...

"A chama que incendeia a alma
Também ilumina nas noites escuras
E aquece durante o tempo frio

Um amor que constrange e faz doer
E quanto mais me deixo seduzir
Mais quero me entregar

Apenas me questiono sobre tamanha proeza
Eternizada na linha do tempo
De geração em geração é glorificado o Teu Nome

Impossível, após conhecê-Lo, fingir que nada mudou
Basta apenas que toque com Teu olhar
Basta que eu me deite sob Tua sombra

Não permita jamais aquietar-me neste mundo
Que Tuas mãos, ao tocar meus olhos
Me faça enxergar as injustiças e lutar por Tua causa

No caminho que trilhei até aqui
Histórias passadas, páginas viradas... que permaneça o bem
Daqui por diante, sigo avante com a Cruz que me designaste..."


Ailton Domingues de Oliveira
(28/02/12)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email