quinta-feira, 29 de abril de 1993

Estrela adorada



Recebi do coração de minha amada 
um presente...
Um presente que ninguém
nunca me ousou dar
Esse presente se esconde
em todas as manhãs
de ventos fortes ou suaves brisas,
ao nascer o sol
Aparece após e entardecer de um dia,
o pôr-do-sol,
a chegada da noite
Ela brilha muito forte,
mais que as outras
aliás, ela se diferencia das outras
talvez por ser minha
Ela é a primeira
a apontar no céu
É o maior presente que já recebi
pois, de todo o coração
É a minha estrela adorada
Que quando a observo
Vejo os olhos de minha amada!

Poema postado em sua originalidade, datado de 29/04/1993.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email