segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Aos meus avós

“Ficaria orgulhosa de mim...
Ficariam felizes ao me ver assim
Me deixaram um eterno menino
Me fizeram um homem
Aprendi no silêncio da solidão
A escutar a voz das antigas razões
Suas vozes sempre tão vivas
Sob suas asas veio o meu saber
Na sabedoria de vossas simplicidades
O sentido da vida
O rumo certo indicado por suas mãos
Conduzindo as minhas
A saudade, que dói por não tê-los
Me consola, ao pensar que
De onde estão, ao lado de Deus Pai,
Seu Filho, no Espírito Santo
No colo de Maria Santíssima
Ainda zelam por mim...
Obrigado, simplesmente obrigado...
Não importa ser um estrangeiro nesta vida
Importa sim ser à vocês o orgulho
Humilde e sincero
De quem os ama

Parabéns a você minha avó
Parabéns a todos vocês...

Fiquem em Paz,
A Paz de Deus
No descanso eterno.”

Ailton Domingues de Oliveira

02/08/10
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email