domingo, 2 de agosto de 1998

Felicidade, onde estás?

“Desde que ouvi falar
Dessa tal felicidade
Sai em sua busca
Com toda liberdade

Voei no mais alto dos céus
Percorri vários caminhos
Cruzei mares e oceanos
Mas sempre voltei sozinho

Cantei, rezei e até chorei
Pedi pra Deus manda-la enfim
Mas somente não a encontrei
Porque jamais olhei pra mim”


“...Numa conversa entre amigos, sobre a ‘felicidade’, como a conquistar, o que ela seria e representava. A conclusão foi de que nunca damos conta do que habita em nós, sempre buscamos o que não temos e não valorizamos o que temos...”

Ailton Domingues de Oliveira

20/08/98
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email