segunda-feira, 24 de agosto de 1998

Sou da P.J. até morrer!

“Sou da P.J.
Sou da P.J.
Sou da P.J.
Até morrer!
Uh, tererê!

1) A P.J. é a grande força dessa igreja
Canta, reza e festeja. É demais essa moçada!
To nesse barco, nessa festa, nessa luta
Nessa reza e na labuta, por uma nova sociedade!

2) Quem é P.J. dentro do seu coração
Luta com os pés no chão, pra ter um mundo melhor!
E não há nada que esse fogo se acalme
Ta no sangue, ta na alma esse ideal de amor!

3) Não tem tristeza, tudo é festa e alegria
A gente canta todo dia, isso também é oração!
É demais essa P.J. renovada
Essa turma da pesada: uma nova geração!”

“Paródia. Dedicada aos ambientes, encontros e militantes da P.J., em especial a todo o Sub-regional de Botucatu.”

Ailton Domingues de Oliveira

24/08/98
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email