terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Marcas, eternas marcas...

“Caminhada... que caminhada!!!
Caminhei até aqui,
Por sombras, montanhas, céu e mar...
Sob o sol e sob a lua
Chuva forte, suaves brisas
Ventos cortantes, tempestades...
Marcas, eternas marcas...

Carrego no peito
O anseio da vitória
Da vida
Dores que passaram
Sombras que desfrutei
Perigos que sobrevivi
Paixões e amizades
Marcas, eternas marcas...

Donde estou
Olho para cima,
Para os lados
Para o passado
Vejo as frutas no topo
Percebo a distância percorrida
As dores sofridas
Esperança
Na soma de tudo a vitória
O espaço conquistado
Coração apertado
Vale encontrar no olhar do pequeno
A recompensa de estar presente
Marcas, eternas marcas...

Pra onde vou,
Não sei, talvez
Sei o que não posso mais
Sei o que não quero mais
Sonho onde quero estar
Ao lado do meu príncipe
Meu tesouro e inspiração...
Sei o que quero continuar a ser...
Não importa mais o que passou
Importa é que estou aqui...
Marcas, eternas marcas...”


Ailton Domingues de Oliveira
17/01/12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email