segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Ousadia do querer



Ah, este cheiro que me invade e me deixa
se apossa, acomoda e transforma sem queixa
Ah, este olhar que me ataca e me abraça
quase me escapa, maltrata e devassa

Ah, este jeito que me inspira e me apronta
me encanta, apaixona, me muda e desmonta
Ah, esta obra que, a mim, tu te tornaste, divina
teu cheiro, teu olhar, teu jeito de mulher e menina

Me queira e me tenha
Me encontre e me venha
Já tens o meu querer-te

Por um dia que seja hei de ter-te
E em cada gesto percorrer-te
O desejo, que nada o detenha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email