terça-feira, 30 de setembro de 2014

A tua inebeleza


A tua beleza está no fato de que não há em ti beleza alguma estereotipada pelos padrões alheiamente impostos. Não há beleza no andar, não há beleza no olhar, não há charme, não há... Não há nada que te coloque em evidência perante as outras. E é justamente pela ausência do normal, do formal, do cotidiano e do legal que te destacas dentre os demais. A inexpressão é a tua beleza; o descompromisso do que jaz padronizado nas outras é o teu charme; o desprendimento das etiquetas e do comportamento adestrado considerado normal... Teu sorriso é natural, tão natural que tão belo se torna quando se alarga em tua expressão desigual... És única, não comentada, não requisitada, não desejada... Raras belezas são assim encontradas nesta imensidão...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email