quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Dá-me o teu sorriso


Nessas noites sem luar
Eu procuro o que não vejo
Céu escuro a retumbar
A saudade do teu beijo

Clareia o manto escuro do meu céu
E traz de volta o que eu preciso
Quero o brilho dos teus olhos, doce fel
Dá-me em dolo o teu sorriso

Tua brisa acaricia sem razão
Em teu colo, destemido sou refém
Tua voz me entorpece o coração
Ao teu lado sou coragem com desdém

Paguei caro e dou de graça a liberdade
Mas, dá-me o que eu preciso
Ou me amas ou me mata a saudade
(...) Devolva-me o teu sorriso
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email