segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

O filho do carroceiro - II


Ele só queria uma manga.

Nos dias que aconteceram a limpeza do terreno, podas de árvores, retirada de matos e as viagens que o carroceiro puxava em sua carroça, outra vez estive frente a frente com uma situação tocante.

No terceiro dia o homem com seu filho de onze anos carregavam os galhos e folhas. Num determinado momento, o menino pediu uma manga. Entreguei-lhe uma sacola com várias que já havia recolhido anteriormente.

A surpresa veio quando o garoto implorou-me para não contar que ele havia pedido, caso contrário seu pai ficaria muito bravo.

Esperei o senhor se aproximar e lhe disse que estava dando a sacola com as frutas para eles. Agradeceu simplesmente.

O menino não estuda. Perguntei-lhe. Não conseguiu vaga, essa foi a resposta. Mas, completou cheio de esperança que, no ano que vem vai estudar de qualquer jeito. O pai nada disse.

Algumas vezes elogiei o esforço do filho para o pai, levando em conta que estava fazendo serviço pesado de gente adulta. O homem respondeu que o filho é danado e dá muito trabalho.

Pra bom entendedor: "não dá pra dar moleza pra moleque que senão ele apronta." Essa foi a minha conclusão.

Uma criança que pega no batente durante sua infância, não estuda regularmente, teme ao pai que com certeza deve ser bruto na educação, e deve desconhecer quase tudo dessa era digital, infelizmente faz parte de uma estatística desconhecida por muitos.

O garoto mencionado já tem suas pequenas mãos calejadas. Eu vi, percebi. O tempo que ele não dedica aos estudos o coloca cada vez mais aquém da margem social.

Porém, o que demonstra pelo pai vai além de medo. Existe respeito! Respeito que não se vê por aí, principalmente nas escolas. A mídia moderna mostra isso constantemente ao divulgar vídeos de crianças e adolescentes agredindo professores, por exemplo.

O que se pode esperar eu não sei, mas posso dizer o que senti no olhar dessa criança. A obediência, a cumplicidade, o respeito, a responsabilidade tão cedo adquirida, muito sonho contido e esperança de um futuro melhor.

Ele tem qualidades cada vez mais em extinção nos filhos dessa era digital. Tenho plena convicção de que isso será um diferencial em sua vida...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email