sexta-feira, 24 de abril de 2015

O homem é livre ou até que ponto é livre?


Filosoficamente o homem é livre. Teologicamente ele tem uma liberdade finita, limitada. Porém, nenhuma ciência foi ou é capaz de garantir a verdadeira liberdade para cada indivíduo. Todos são reféns de sistemas (sociais, políticos, econômicos, científicos, religiosos, etc) e toda tentativa de garantir a liberdade acaba tornando-se um engessamento, ou alienação, em si mesmo. Uma pseudo liberdade.

De maneira particular creio que a liberdade maior é individual e se dá no campo intelectual e espiritual, e longe de qualquer tipo de mordaça social, religiosa e científica. São raros os que se desvencilham dessas amarras. A máxima "todo homem morre mas nem todo homem vive" contempla de maneira singular todo esse pensamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email