quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Jamais seremos como antes



Desse tempo todo, desde aquele domingo, vinte e três de novembro de dois mil e quatorze, confesso que chorei apenas uns três dias. Isso na sua frente, porque nos outros dias, eu segurava as emoções para o silêncio do meu quarto ou bem longe de todas as vistas. 

Nosso encontro na UTI não podia ser diferente. A alegria de te ver com esses olhos arregalados foi inexplicável. Minhas lágrimas foram de alegria, muita alegria! Não podia agradecer a Deus de outra forma. Foram a minha melhor e mais sincera expressão de gratidão e fé ao Pai Criador que lhe deu simplesmente uma nova vida. 

Na verdade, eu esperava recepcioná-la, mas não, para minha surpresa, foi você no seu leito que me acolheu, me amparou e enxugou as minhas lágrimas. Ouvir você contar suas peripécias e desconversas durante a noite, no leito da UTI, foi o máximo. Sim, você está de volta! E agora, mais forte do que nunca.

Sei nada dessa vida mesmo. O quão frágeis somos e nos tornamos impotentes diante dessa fragilidade humana! O quanto dependemos dos outros e o quanto tudo isso é passageiro! O quanto perdemos tempo com futilidades e esquecemos de simplesmente viver e amar! O que sei mesmo é que não seria nada sem você por perto. 

E como não agradecer pelas mãos humanas que lhe operaram? Aqueles que cuidaram de você com simpatia ou com a falta dela. Os que cumpriram seu protocolo profissional e os que foram além, foram super humanos. Os que se fizeram perto e partilharam de nossas angústias através de orações e pensamentos positivos. Sim, Deus existe! E, foi Ele que orquestrou tudo isso em cada mão humana, em cada coração que se descompassou no ritmo dos nossos. 

Mãe, talvez não tenha ideia da dimensão desses dias de espera, de dor, de medo, de desespero que nos tomaram conta. Talvez não consiga imaginar a proporção que tudo isso chegou. Mas podemos dizer que centenas de pessoas partilharam de nossas angústias e intercederam por você. O que podemos agora é agradecer em orações e orações a Deus, por cada um que em determinado momento pensou positivo pela sua vida.

Mais uma vez: você re-nasceu! Deus lhe deu uma nova vida!

Disso tudo, sei que levaremos muitas lembranças. Pensaremos nas vidas que cruzaram com as nossas com muito zelo e carinho. Recordaremos as dores, maiores ou piores que as nossas, casos e mais casos, pessoas que conhecemos e cultivamos amizade, e, simplesmente agradeceremos a Deus por tudo. Do que foi tristeza, em ocasiões distintas, tenho certeza, faremos piada e daremos risadas, principalmente quando você der o seu ar da graça de boa contadora de história, da sua história de vida. 


Sei que ainda somos os mesmos mas, tenho certeza, jamais seremos como antes. Nosso Natal antecipou e você, Mãe, é o nosso maior presente!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email