quinta-feira, 28 de junho de 2012

"Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia."

Temos sempre a impressão de que se o passado voltasse traria junto de si aquela felicidade que um dia desfrutamos em determinado momento ao lado de pessoas que nos marcaram profundamente. Caso fosse possível, seria interessante haver a possibilidade de escolher qual momento e quem deveria voltar, pois o pacote completo seria arriscado demais. De repente, poderia ressurgir desagrados bem enterrados.

Muita gente vive apenas de lembranças. Perderam sua motivação para o presente. Enjaularam-se nas janelas do tempo passado. O futuro não importa quase nada. Alto risco de não ver a vida passar. Pior! Perigo extremo de passar os dias desapercebido de si mesmo.

Por outro lado, quando o pensamento de regressar pelo túnel do tempo nos assola ainda mantemos uma afirmativa para o momento presente. Voltaria no passado para poder viver melhor o que não pude fazê-lo no tempo certo mas também não queria perder o que existe de bom no atual momento. Complexo.

Se... se eu pudesse, voltaria pra ficar mais perto dos meus avós, da minha família. Estaria mais ao lado do meu pai e da minha mãe... Menos vacilos. Mais coerências e certezas. Mas... jamais abriria mão de ter o meu filho, em qualquer hipótese!

Como não existe um link ou um túnel do tempo entre o presente e o passado, a não ser pelas lembranças que ficaram registradas no coração, viver a vida em sua magnitude é a única condição real de não tornar o momento presente uma cela amargurada daquilo que não foi consolidado no tempo escoado, ou seja, aquilo que não foi vivido em sua íntegra.

A vida... nada mais é que a busca pelo sentido extremo da existência. Ser, estar, fazer, permanecer, ficar, andar... O sentido despertado em cada um varia de "a" a "z", do zero ao infinito. Da sabedoria à riqueza, das plantas aos elementos da natureza, dos animais à saúde, cada um se adeqüa ao que melhor lhe convém. Uns dão a vida por uma causa. Outros a tiram por migalhas. E assim se constroem homens e mulheres de valor ou de terror.

"Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia." Nada!...

"Que o momento no tempo escoado
Seja lembrança viva na vida presente
Angustiado ou libertado
Que sirva para fazer melhor no tempo que ainda resta
Seja vida em prol da vida
Da vida que já foi ferida
Que seja vivida e pra sempre florida
Na porção que ainda me resta
O que foi não volta
Mas, o que que virá
Só depende do que agora é:
Vida, simplesmente, viva..."


Ailton Domingues de Oliveira
28/06/12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email