domingo, 13 de março de 2016

Pelos olhos da alma


"Há quem espere uma nova descida do Rei 
Numa carruagem dourada 
Por cavalos alados guiada
E por querubins cercada
Há quem espere uma manifestação real
Para dizer que é Ele dando um sinal
Existem as crianças porém
Que sabem admirar como ninguém 
Nas paisagens as cores
Nos bichos os amores 
E o balé dos beija-flores
Talvez assim sejamos
Felizes com aqueles que amamos
As nuances do céu compartilhando
Ora sorrindo, ora chorando
Mas jamais sem crer
Como loucos de amor para viver
Que Deus jamais deixou de existir
Basta os olhos da alma para sentir
E sorrir"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email