segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

De braços abertos

De braços abertos
Na cruz despojado
Pelas mãos dos incertos
Foi crucificado

Tentaram calar
A voz da liberdade
Quiseram matar
A maior santidade

O coração dos inquietos
Libertou do pecado
No caminho correto
Nos pôs libertados

Em Teus passos andar
À Luz da verdade
Em Teu Espírito repousar
Sob a Santíssima Trindade

Sua vida, nossa herança
Seu olhar, a nossa luz
Sua voz, nossa esperança
Teu exemplo nos conduz

Teu Corpo e Sangue Senhor
Exemplo e doação
Nosso alimento e amor
Pra alma e coração

Ailton Domingues de Oliveira
21/12/11
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email