segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Seu coração, meu orgulho

“Como não emocionar-me?
Ao ver-te tão zeloso
Fazendo de seus objetos
Um verdadeiro presente ao coração
Em sua mera idade, meu pequeno,
Tão carinhoso, amoroso...
Palavras que agora me fogem
Diante de tamanho amor
Em sua pequenez idade
És o meu orgulho
És o meu tesouro
És a minha emoção
E a razão de meu carminhar seguro
E quando inseguro ou incerto
Recordo-me o motivo pelo qual luto
Perduro, sustento, aguento e persisto
Nas horas solitárias de algumas auroras
Em olhares, as vezes, perdidos no horizonte
Em busca de uma fonte
Que o Papai do Céu
Sempre esteja em sua vida e coração
Que Maria, mãe de Deus e nossa, te proteja
E o Espírito Santo te ilumine
Na caminhada segura
Seguindo o exemplo de Nosso Senhor Jesus Cristo.”

Para o meu tesouro, meu filho Felipe.

Ailton Domingues de Oliveira
26/12/11
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email