quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Podas



"As podas são necessárias apesar do ferimento e da dor.
Com o tempo percebe-se a importância do corte.
Fortalece, revigora, recria.
A vida e as flores tem em comum o mesmo trato.
Cuidados especiais e a poda no tempo certo.
E quando é o momento certo?
Quando a planta não produz.
Quando seus ganhos pendem.
Quando seus ramos crescem em rumo desordenado.
É preciso cuidado.
É preciso cuidar do broto.
Dizia o poeta: 'cuide do broto pra que a vida nos dê flor e fruto!'
A poda é sofrida, doída...
A planta sente da raiz à folha...
Porém, agradece com belas flores o ato.
A vida é assim.
Requer podas.
Requer não só palavras e expressões.
Requer o silêncio e o deserto.
Requer distanciamento e esquecimento.
Esquecimento do mundo para com você...
Permita-se ao devaneio do silêncio.
No palpitar do coração, sentirá seu sangue correr.
Sempre há de saber o que fazer.
No tempo certo Deus segura sua mão.
E te permite soltar o facão.
Aguarde pelos brotos que virão..."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email