segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Desce do teu céu


Desce do teu céu
Singela ternura que irradia
Sei que escutas o meu canto
E entre acordes e melodias
Busco-te entre mortais e santos

Desce do teu céu
Percorrerei-te o corpo em dolo
E decifrarei em sonhos teus segredos 
Nesta travessia eu sigo solo
À esperar por seus beijos

Desce do teu céu
Que seja em sonho a te encontrar
Mas em tuas asas acordar
E saciar os teus desejos
Dissipando todo o medo

Desce do teu céu
Meu doce pecado 
Que eu preciso cometer
Tão ardente, tão sagrado
Paixão eterna, bem querer

Desce do teu céu
Doce anjo, minhas asas
O coração já bate em brasa
Teu beijo vim roubar
Aqui, sempre seu, o meu sonhar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email