quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Retórica: "E pra que vale o nada?"

E pra que serve a labuta
Enquanto grande legado
Senão pra ensinar a quem chegar?
E pra que vale a luta
Senão pra superar o fardo
Com fé e sempre a sonhar?

E pra que serve o mundo
Palco de derrotas e vitórias
Senão pro corpo sobreviver e vencer?
E pra que vale mergulhar no profundo
A ressurgir das cinzas à glória
Senão pra alma amadurecer?

E pra que serve a vida
Tão intensa, tão menina
Senão pra viver o amor?
E pra que vale a partida
Tão eloquente e traquina
Carregando o sonho e deixando a dor?

E pra que serve tudo
Se nas maiores batalhas históricas
Foi do nada que a guerra trouxe a dor?
E pra que vale o nada
Senão pra mostrar a retórica
Que do nada tudo se faz com amor?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email