terça-feira, 24 de julho de 2012

"Máscaras Maquiadas III: De ditadura em ditadura eles tentam nos amordaçar."

"(...)'Máscaras, quem não as têm?' Assim disse um escritor...
A hipocrisia é uma das máscaras, talvez de ferro, das mais usadas, e a maioria dos usuários nem percebem seu peso. Maquiam-na e desfilam e destilam suas falas grotescas.

Saímos de uma era onde o sistema da ditadura foi vencido. Ponto! A libertação veio pelas ruas, pelo sonho, pela fé, pela luta. As mãos eram de jovens, principalmente. O ópio que exterminava quem pensava aos poucos foi se raleando. Livres, enfim!

Livres??? Falou-se e ainda se fala em libertação. Libertação pela educação, libertação pela fé, libertação pelo esporte, libertação pelo conhecimento, libertação pela cura... Será que falamos sempre de uma mesma libertação??? As pessoas se libertam de amarras sociais, religiosas, políticas mas sempre são fisgadas por um terceiro sistema hipócrita repleto de alienação que oprime, deprime e os faz reféns desse ópio que já fora antídoto.

Por que se cria tantas religiões e seitas baratas se o Deus é o mesmo? Se a fé existe em qualquer uma delas, o porquê de tantas sub-divisões? Orgulho, hipocrisia, falsidade ao pé da letra. O altar já o deixou de ser há muito tempo. Na verdade o altar para Deus tornou-se o palco dos devaneios da ala hipócrita. ELE, mero coadjuvante dessa massa alienante.

Livres das correntes da ditadura, agora, enfrentamos a ditadura da alienação. As ferramentas usadas para alcançar a primeira liberdade em outras décadas tornaram-se armas de extermínio de pensadores. Pensar ainda é um perigo! Pensar é uma afronta ao radicalismo sem escrúpulos de quem se diz cristão. Afinal, cristão não são!!!

Isso tudo existe no sub-mundo de quem quer comando. A religião quando se torna movimento de alienação, além de sua imponência, oprime o ser, o faz definhar e o torna dependente não de Deus, mas de uma corja de bandoleiros que se intitulam servos... onde na verdade são uns apóstatas. Aguardem e verão, o surgimento de uma 'terceira ordem', o sub-mundo do 'apostolado deprimente da alienação que oprime'.

Somos todos dependentes de Deus! Graças a DEUS!!! E ELE mesmo deu-nos a opção de nos tornar libertos de qualquer tipo de amarra. Foi para isso que ELE mandou seu Filho. Fazer uso das palavras para criar seguidores apáticos, amorfos e dependentes não era a doutrina usada por Jesus Cristo.

Nós, não só fazemos parte como também o somos peças sem igual neste contexto. Ainda sonhamos. Não deixamos jamais de crer em DEUS, em suas promessas e nas palavras de seu Filho Jesus Cristo. E, com certeza, jamais deixaremos de lutar pelo Reino anunciado na voz do Salvador, como também não deixaremos o som de nossas vozes ser abafado por nenhum ridículo ser que se intitula o criador de um novo apostolado ou uma nova seitinha barata de fundo de quintal.

Pastorais e Movimentos têm suas funções, seus meios de atuação, seus espaços distintos que se fundem e se findam num único objetivo. Todos buscam, de alguma forma, pescar quem ainda não experimentou do amor à causa de Jesus Cristo e uma vida em comunhão. Em linguagem contemporânea, cada tem o seu quadrado! Escuta só, se não consegue atrair adeptos fanáticos e lunáticos para sua 'ordem', só nos deixa trabalhar em paz! Não se esconda atrás da hierarquia podre dos bastidores que participa!!!

PS: "A ditadura nunca deixou de existir. Passamos de um sistema de ditadura para uma ditadura de alienação."

Ailton Domingues de Oliveira
24/07/12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email