segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Onde você estava?

Domingo, 26 de agosto de 2.012. Missa das 17:30. Comunidade de Imaculada conceição.

Eu e o Felipe chegamos com apenas uns dez minutos de antecedência, tendo em vista que não ia compor o grupo de canto neste dia. Ao adentrar no espaço que antecede a porta da Igreja, o caminhar é sempre mais lento, pois os cumprimentos entre os irmãos e irmãs como forma de acolhida e amizade tende a demorar.

Vi que ele passou, cumprimentou o padre e mais algumas pessoas e foi para dentro. Consegui avançar e lá estava eu a procurá-lo. Nada de o avistar. Retornei para fora imaginando que já estivesse na praça em frente, pendurado em algum balanço. Nada também.

Estava ficando intrigado, pensando que no mínimo estivesse no pátio brincando, num corre do jeito que ele gosta. No instante dessa segunda entrada para a Igreja nos encontramos. "Onde você estava?" pergunto pra ele. Nada me respondeu.

Passado alguns instantes... "Pai, você foi rezar no Santíssimo?" Pronto! Caiu minha ficha. Por eu ter demorado na entrada, ter voltado e entrado de novo, acabou que os lugares já estavam quase todos ocupados. Então, assim que o encontrei, logo sentamos e nos acomodamos. Enfim, não fui ao Santíssimo.

Respondi que não fui porque estava procurando por ele. Bom, só pra finalizar, eis a resposta: "Pai, quando você não me encontrar, não fique preocupado, eu vou estar rezando, sempre."


Ailton Domingues de Oliveira
27/08/12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email