sábado, 21 de maio de 2011

Registros de outrora, lembranças de agora

"No calor da pele, outrora já registrado,
Senti nos braços quentes,
O abraço, agora, frio
Uma viagem no tempo
Turbilhão de passagens, mensagens ...
O que será que nos colocou a trilhar,
por algum tempo, juntos ?
Por que não conseguimos transpor
as barreiras deste tempo,
de marcas, emoções, cicatrizes, razões ...?
Mudamos, transformamos,
lapidamos de acordo com as dores
Esculpimos novas formas
Incorporamos máscaras.
Sinto ainda, mesmo diante das divergências
que o sangue, o mesmo sangue,
na mesma intensidade,
diante de cada instante que
de entre lances a vida nos proporciona.
Duelo invisivelmente injusto
Covardia nossa
Está na cara, rotulado
tais vidas entrelaçadas.
Que Deus nos permita
este fim, para que juntos ou não,
recomecemos uma vida única,
lado a lado, na mesma direção
como sempre sonhamos. Amém."


Ailton Domingues de Oliveira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email