sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ser pai e ser filho

"Eu sei, simplesmente sei,
Não entendo alguns porquês
Mas os sei
Sei que
Te abraço em abraços que nunca fui abraçado
Te beijo em beijos que nunca fui beijado
Te acaricio em carinhos que não me lembro tê-los sentidos
Fruto de um grande amor
Desejo de tê-lo
Espera que aconteceu
Sonho que se realizou
Te queria e muito
Quase incorri no erro do meu precursor
Acordei, espero que há tempo
De estar perto de você
Te ver, te ouvir, te acompanhar
Fiz da sua presença, o meu motivo de sonhar,
ousar mais, viver melhor
Eu pedi uma chance e Deus me concedeu
Posso não saber ter alguem
para a reciprocidade do amor,
mas vejo o amor em você
em nossos momentos de companheirismo, dedicação
e às vezes, broncas que nos permitem entendermos um ao outro,
respeitar e amar sem limites ...
Hoje eu sei, eu sinto, eu vivo esse nosso amor,
de amigos, de companheiros, de Pai e Filho.
No saldo de nossa viagem,
percebi o quanto você cresceu
Meu menino homem,
razão de minha alegria,
Presente de DEUS,
você me ensina não só a ser um Pai,
mas principalmente como ser Filho."




Ailton Domingues de Oliveira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os conteúdos por email